PAISAGEM

ORAÇÃO DO DIVINO ESPÍRITO SANTO

OH! JESUS MEU ETERNO PAI DO CÉU, DOCE CORAÇÃO DE JESUS, SOIS O ME REFÚGIO, MEU GUIA, MINHA LUZ QUE ILUMINA TODO MEU CAMINHO, ME PROTEJA, ME AJUDE, ME DÊ ÂNIMO, CORAGEM E MUITA CONFIANÇA. FIQUE SEMPRE COMIGO. DAI-ME UMA PAZ QUE BROTA DO MEU CORAÇÃO. DAI-ME A GRAÇA DE CONSEGUIR FAZER ALGO PARA VOS AGRADAR. DAI-ME FORÇA, A DECISÃO E CORAGEM. ENVIE TEU ESPÍRITO SANTO E TUDO SERÁ CRIADO. NÃO DEIXE TARDAR EM VOS AGRADECER. ILUMINE MINHA MENTE QUE DEVO FAZER. AJUDE QUE EU NÃO ME ESQUEÇA DE VOS AGRADECER. JESUS FIQUE SEMPRE COMIGO. DOCE CORAÇÃO DE MARIA, RAINHA DO CÉU E DA TERRA. SEJA NOSSA SALVAÇÃO. AMÉM

Observação: Esta oração foi escrita por minha mãe em seus últimos dias de vida /1993. Saudades!

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Carta pessoal e relato -1º ano -Ensino Médio

CARTA PESSSOAL
1. Introdução
Existem vários tipos de cartas, e pessoas diferentes para qual deve mandá-las, cartas de amor, de familiares que moram muito longe, ou se alguém é parabenizado por seu aniversário. A carta ao ser escrita deve ser primeiramente ser bem analisada em termos de língua portuguesa, ou seja, deve-se observar a concordância, a pontuação e a maneira de escrever com inicio, meio e então o fim. 

Em uma carta formal é preciso ter cuidado na coerência do tratamento, por exemplo, se começamos a carta no tratamento em terceira pessoa devemos ir até o fim em terceira pessoa: se, si, consigo, o, a, lhe, sua, diga, não digas, etc., seguindo também os pronomes e formas verbais na terceira pessoa. 

Atenção aos pronomes de tratamento como Vossa Senhoria, Vossa Excelência, eles devem concordar sempre na terceira pessoa.
  
Carta no Vestibular 

Devemos abordar a forma dissertativa quando a proposta de redação no vestibular é uma carta. Portanto, a carta deverá ser baseada em evidências, conceitos e exemplos, que podem assumir caráter narrativo ou descritivo, sempre em 1ª pessoa. 

Independente do tema proposto, o aluno deverá defender um ponto de vista, apresentado de forma dissertativa, organizada em tese, argumentação e conclusão. 

Lembre-se

- use os pronomes de tratamento adequados (concordando-os sempre na 3ª pessoa). 
- não assine a correspondência, pois redação de vestibular tem caráter sigiloso. 
- o destinatário e o vocativo são opcionais.
 
Carta de Amigo 

As cartas de amigo abordam sempre um conteúdo informativo, são informais e geralmente de caráter confessional. 

Exemplo: 

Rio de Janeiro, 19 de julho de 1908. 

Meu caro Veríssimo: 
 

Acabo de receber a sua carta com o seu abraço pelo livro, e venho agradecer-lhe cordialmente. Sabendo que foi sempre sincero comigo, senti-me pago do esforço empregado; muito obrigado meu amigo. O livro é derradeiro, já não estou em idade de folias literárias nem outras. O meu receio é que fizesse a alguém perguntar por que não parara no interior, mas se tal não é a impressão que ele deixa, melhor. Creio que o compreendi bem, segundo o que me diz em um ponto da carta.  
Eu vou melhorando, ainda que muito fraco. Saí hoje de manhã e sairei outra vez se não chover. O Mario (de Alencar) tinha-me falado da sua vinda, mas efetivamente era arriscado com tal tempo. Amanhã conto ir à cidade, se o tempo consentir. Adeus, meu bom amigo, recomenda-me a todos os seus, e receba em troca um abraço apertado do velho amigo. 

(Machado de Assis)

Foi possível notar no exemplo o tom amigável e fraterno no qual o autor se dirige ao amigo, usando uma linguagem harmoniosa e particular. Modernamente, cartas como estas seriam consideradas “antigas”, não apenas pela abordagem amável, mas também pela afetividade que atualmente é muito incomum.

  • Obs.: Nos sites acima você encontrará alguns exemplos de cartas.
ATIVIDADES DE REDAÇÃO (aos meus alunos)
A coletânea a seguir, composta pelos textos 1, 2 e 3, aborda o tema Relações entre os seres humanos e os animais de estimação. Leia-a com atenção, pois ela é o apoio para os dois gêneros textuais que você deve produzir nesta prova. 
Os textos da Prova de Língua Portuguesa apresentam o mesmo tema. Portanto, a leitura desses textos poderá auxiliá-lo na produção dos gêneros.

Texto 1
Nossa família animal
Marcelo Marthe
A relação milenar entre homens e bichos de estimação entrou numa nova fase. Mais do que amigos, eles agora são como filhos. (...)
(...) O novo status que cães e gatos estão assumindo nos lares tem pelo menos duas razões sociais distintas.
A primeira diz respeito ao encolhimento das famílias. Hoje são raros os casais que optam por ter mais de um ou dois filhos – o terceiro, que costuma desembarcar em casa quando esses já estão mais crescidos, é quase sempre um cão ou gato. (...) O segundo fator é o crescimento do contingente de pessoas que vivem sozinhas nas grandes cidades e buscam um companheiro animal. (...)
Texto adaptado da Revista Veja. Disponível em:.  Acesso em: 21 jun. 2010.

Texto 2
Por que gostamos de nossos cachorros?
Isabella Bertelli Cabral dos Santos
Há tempos pesquisadores de variadas formações têm se empenhado em estudar as relações entre os seres humanos e animais de estimação.  
(...) Há evidências convincentes de que as pessoas usualmente veem sua relação com seus animais de estimação como similares às que têm com seus filhos. (...) de que os animais atuam como substitutos de crianças (...). 
Texto adaptado da Revista Ciência & Vida – Psique. Ano III, n.º 32, p. 21-25.

Texto 3
Creche para cães em SP segue moldes de escola infantil
(...) Nelas, os bichos vão todo dia (R$ 580 mensais, de segunda à sexta) com regras tão parecidas e rígidas quanto às das escolas. Têm horário de entrada e saída, lista de presença, recreação, banho de piscina, atividades físicas, passeios no parque, escovação diária de dentes e pelos, exames periódicos de sangue e de fezes, transporte que vai buscar e deixar em casa e até horário de descanso para dormir em colchões. 
Texto adaptado. Disponível em:.
Acesso em: 21 jun. 2010. 4 UEM/CVU – PAS/2010 Etapa 1Caderno de Questões GABARITO 3

GÊNERO TEXTUAL 1 – RELATO
O relato é o gênero textual que tem por objetivo apresentar uma sequência de fatos vivenciados, segundo uma ordem cronológica, em um determinado espaço, por pessoas ou personagens.
A partir das informações contidas na coletânea composta pelos textos 1, 2 e 3, escreva o relato de um fato (uma situação) que você presenciou ou vivenciou, em que fiquem evidentes as relações entre os seres humanos e os animais de estimação, com no máximo 15 linhas. 
GABARITO 3 UEM/CVU – PAS/2010 Etapa 1Caderno de Questões  5

GÊNERO TEXTUAL 2 – CARTA PESSOAL
Você tem um amigo com quem costuma trocar correspondência. Neste momento, para se comunicar com ele, você terá que escrever uma carta que, ao considerar o amigo como leitor, torna-se uma carta pessoal.
Nesse gênero textual, os assuntos são comuns e relacionados ao dia a dia de vocês.
Escreva, pois, uma carta pessoal, com no máximo 15 linhas, considerando a situação em que você:
a) quer ter um animal de estimação; 
b) expõe as razões pelas quais deseja esse animal; 
c) pedirá ao amigo que o auxilie a escolher e adquirir esse animal.
 
Observação: Para não identificar a sua prova, assine a carta com o nome AMIGO
 

Obs. As atividades do PAS-UEM foram organizadas e destacadas, dessa forma, para facilitar o entendimento dos alunos durante as aulas práticas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá pessoal!
Agradeço seu comentário.
Volte sempre! Geisa