PAISAGEM

ORAÇÃO DO DIVINO ESPÍRITO SANTO

OH! JESUS MEU ETERNO PAI DO CÉU, DOCE CORAÇÃO DE JESUS, SOIS O ME REFÚGIO, MEU GUIA, MINHA LUZ QUE ILUMINA TODO MEU CAMINHO, ME PROTEJA, ME AJUDE, ME DÊ ÂNIMO, CORAGEM E MUITA CONFIANÇA. FIQUE SEMPRE COMIGO. DAI-ME UMA PAZ QUE BROTA DO MEU CORAÇÃO. DAI-ME A GRAÇA DE CONSEGUIR FAZER ALGO PARA VOS AGRADAR. DAI-ME FORÇA, A DECISÃO E CORAGEM. ENVIE TEU ESPÍRITO SANTO E TUDO SERÁ CRIADO. NÃO DEIXE TARDAR EM VOS AGRADECER. ILUMINE MINHA MENTE QUE DEVO FAZER. AJUDE QUE EU NÃO ME ESQUEÇA DE VOS AGRADECER. JESUS FIQUE SEMPRE COMIGO. DOCE CORAÇÃO DE MARIA, RAINHA DO CÉU E DA TERRA. SEJA NOSSA SALVAÇÃO. AMÉM

Observação: Esta oração foi escrita por minha mãe em seus últimos dias de vida /1993. Saudades!

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Biografia: Moacyr Jaime Scliar

                                               Foto: CELLIP/2009 - Cascavel - PR
Moacyr Jaime Scliar nasceu em Porto Alegre (RS), no Bom Fim, bairro que até hoje reúne a comunidade judaica, a 23 de março de 1937, filho de José e Sara Scliar. Sua mãe, professora primária, foi quem o alfabetizou. Cursou, a partir de 1943, a Escola de Educação e Cultura, daquela cidade, conhecida como Colégio Iídiche. Transferiu-se, em 1948, para o Colégio Rosário, uma escola católica.
Em 1955, passou a cursar a faculdade de medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre (RS), onde se formou em 1962. Em 1963, inicia sua vida como médico, fazendo residência em clínica médica. Trabalhou junto ao Serviço de Assistência Médica Domiciliar e de Urgência (SAMDU), daquela capital. 
Publica seu primeiro livro, “Histórias de um Médico em Formação”, em 1962. A partir daí, não parou mais. São mais de 67 livros abrangendo o romance, a crônica, o conto, a literatura infantil, o ensaio, pelos quais recebeu inúmeros prêmios literários. Sua obra é marcada pelo flerte com o imaginário fantástico e pela investigação da tradição judaico-cristã. Algumas delas foram  publicadas na Inglaterra, Rússia, República Tcheca, Eslováquia, Suécia, Noruega, França, Alemanha, Israel, Estados Unidos, Holanda e Espanha e em Portugal, entre outros países.
Em 1965, casa-se com Judith Vivien Oliven.
Em 1968, publica o livro de contos "O Carnaval dos Animais", que o autor considera de fato sua primeira obra.
Especializa-se no campo da saúde pública como médico sanitarista. Inicia os trabalhos nessa área em 1969.
Em 1970, frequenta curso de pós-graduação em medicina em Israel, sendo aprovado. Posteriormente, torna-se doutor em Ciências pela Escola Nacional de Saúde Pública.
Seu filho, Roberto, nasce em 1979.
A convite, torna-se professor visitante na Brown University (Departament of Portuguese and Brazilian Studies), em 1993, e na Universidade do Texas, em Austin.
Colabora com diversos dos principais meios de comunicação da mídia impressa (Folha de São Paulo e Zero Hora). Alguns de seus textos foram adaptados para o cinema, teatro e tevê.
Nos anos de 1993 e 1997, vai aos EUA como professor visitante no Departamento de Estudos Portugueses e Brasileiros da Brown University.
Em 31 de julho de 2003 foi eleito, por 35 dos 36 acadêmicos com direito a voto, para a Academia Brasileira de Letras, na cadeira nº 31, ocupada até março de 2003 por Geraldo França de Lima. Tomou posse em 22 de outubro daquele ano, sendo recebido pelo poeta gaúcho Carlos Nejar.
O escritor faleceu no dia 27/02/2011, em Porto Alegre (RS), vítima de falência múltipla de órgãos. 
Obs.: Site interessante para pesquisar biografia de escritores

Romances
Ø  A guerra no Bom Fim. Rio, Expressão e Cultura, 1972. Porto Alegre, L&PM.
Ø  O exército de um homem só. Rio, Expressão e Cultura, 1973. Porto Alegre, L&PM.
Ø  Os deuses de Raquel. Rio, Expressão e Cultura, 1975. Porto Alegre, L&PM.
Ø  O ciclo das águas. Porto Alegre, Globo, 1975; Porto Alegre, L&PM, 1996.
Ø  Mês de cães danados. Porto Alegre, L&PM, 1977.
Ø  Doutor Miragem. Porto Alegre, L&PM, 1979.
Ø  Os voluntários. Porto Alegre, L&PM, 1979.
Ø  O centauro no jardim. Rio, Nova Fronteira, 1980. Porto Alegre, L&PM (Tradução francesa:"Le centaure dans le jardin" ),Presses de la Renaissance,Paris, 1985ISBN 2-264-01545-4
Ø  Max e os felinos. Porto Alegre, L&PM, 1981.
Ø  A estranha nação de Rafael Mendes. Porto Alegre, L&PM, 1983.
Ø  Cenas da vida minúscula. Porto Alegre, L&PM, 1991.
Ø  Sonhos tropicais. São Paulo, Companhia das Letras, 1992.
Ø  A majestade do Xingu. São Paulo, Companhia das Letras, 1997.
Ø  A mulher que escreveu a Bíblia. São Paulo, Companhia das Letras, 1999.
Ø  Os leopardos de Kafka. São Paulo, Companhia das Letras, 2000.
Ø  Na Noite do Ventre, o Diamante. Rio de Janeiro: Ed. Objetiva, 2005.
Ø  Ciumento de carteirinha Editora Ática, ISBN 8508101104, 2006.
Ø  Os Vendilhões do Templo Companhia das Letras, ISBN 9788535908299, 2006.
Ø  Manual da Paixão Solitária. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.
Ø  Eu vos abraço, milhões. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

Ficção infantojuvenil
Ø  Cavalos e obeliscos. Porto Alegre, Mercado Aberto, 1981; São Paulo, Ática, 2001.
Ø  A festa no castelo. Porto Alegre, L&PM, 1982.
Ø  Memórias de um aprendiz de escritor. São Paulo, Cia. Editora Nacional, 1984.*
Ø  No caminho dos sonhos. São Paulo, FTD, 1988.
Ø  O tio que flutuava. São Paulo, Ática, 1988.
Ø  Os cavalos da República. São Paulo, FTD, 1989.
Ø  Pra você eu conto. São Paulo, Atual, 1991.
Ø  Uma história só pra mim. São Paulo, Atual, 1994.
Ø  Um sonho no caroço do abacate. São Paulo, Global, 1995.
Ø  O Rio Grande farroupilha. São Paulo, Ática, 1995.
Ø  Câmera na mão, o Guarani no coração. São Paulo, Ática, 1998.
Ø  A colina dos suspiros. São Paulo, Moderna, 1999.
Ø  Livro da medicina. São Paulo, Companhia das Letrinhas, 2000.
Ø  O mistério da Casa Verde. São Paulo, Ática, 2000.
Ø  O ataque do comando P.Q. São Paulo, Ática, 2001.
Ø  O sertão vai virar mar. São Paulo, Ática, 2002.
Ø  Aquele estranho colega, o meu pai. São Paulo, Atual, 2002.
Ø  Éden-Brasil. São Paulo, Companhia das Letras, 2002.
Ø  O irmão que veio de longe. Idem, idem.
Ø  Nem uma coisa, nem outra. Rio, Rocco, 2003.
Ø  Aprendendo a amar - e a curar. São Paulo, Scipione, 2003.
Ø  Navio das cores. São Paulo, Berlendis & Vertecchia, 2003.
Ø  Livro de Todos - O Mistério do Texto Roubado. São Paulo, Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2008. Obra coletiva (Moacyr Scliar e vários autores)
 Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Moacyr_Scliar

Obs.: Obtenha mais informações no link acima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá pessoal!
Agradeço seu comentário.
Volte sempre! Geisa