PAISAGEM

ORAÇÃO DO DIVINO ESPÍRITO SANTO

OH! JESUS MEU ETERNO PAI DO CÉU, DOCE CORAÇÃO DE JESUS, SOIS O ME REFÚGIO, MEU GUIA, MINHA LUZ QUE ILUMINA TODO MEU CAMINHO, ME PROTEJA, ME AJUDE, ME DÊ ÂNIMO, CORAGEM E MUITA CONFIANÇA. FIQUE SEMPRE COMIGO. DAI-ME UMA PAZ QUE BROTA DO MEU CORAÇÃO. DAI-ME A GRAÇA DE CONSEGUIR FAZER ALGO PARA VOS AGRADAR. DAI-ME FORÇA, A DECISÃO E CORAGEM. ENVIE TEU ESPÍRITO SANTO E TUDO SERÁ CRIADO. NÃO DEIXE TARDAR EM VOS AGRADECER. ILUMINE MINHA MENTE QUE DEVO FAZER. AJUDE QUE EU NÃO ME ESQUEÇA DE VOS AGRADECER. JESUS FIQUE SEMPRE COMIGO. DOCE CORAÇÃO DE MARIA, RAINHA DO CÉU E DA TERRA. SEJA NOSSA SALVAÇÃO. AMÉM

Observação: Esta oração foi escrita por minha mãe em seus últimos dias de vida /1993. Saudades!

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Orações coordenadas

COORDENAÇÃO é o relacionamento de termos da mesma função sintática dentro da oração, ou de orações equivalentes dentro de um período.
Quando o período traz duas ou mais orações de funções equivalentes, ele se chama COMPOSTO POR CORDENAÇÃO.
As orações coordenadas podem ser ASSINDÉTICAS e SINDÉTICAS.
As orações coordenadas assindéticas são aquelas cujo conetivo não vem expresso. Em seu lugar aparece vírgula, ponto-e-vírgula ou dois pontos.
Ex. Cheguei,vim,venci.
"O tempo não para no porto, não apita na curva, não espera ninguém."
O amor é sempre criança:nunca tem preocupações.
As orações coordenadas sindéticas são aquelas em que há conetivo expresso. E se dividem em cinco tipos:
(1) Aditivas - exprime adição, soma de pensamentos. Normalmente são introduzidas por conjunções aditivas: e, nem, também, outrossim.
Ex: "Os doidos inventam a moda, E o povo as segue."
(2) Adversativas - exprimem ressalvas de pensamentos, ideia de oposição. Normalmente são introduzidas por conjunções adversativas: mas, porém, todavia, contudo, senão, entretanto, não obstante. 
Ex.: Não ter feito nada é uma estupenda vantagem, MAS não se deve abusar.  

(3) Alternativas- exprimem ideia de alternância, pensamentos que se excluem. Geralmente iniciadas por conjunções alternativas: ou, ora, já, quer, nem.
Ex:  Uma poesia pode ser excelente OU não existir por nada.

(4) Conclusivas- exprimem conclusão. Iniciadas por logo, portanto, por conseguinte.
Ex.: O lago está na minha fazenda: POR CONSEGUINTE me pertence.
(5) Explicativas- exprime motivo, razão. Iniciadas principalmente por porque, que, porquanto, pois; todas as conjunções explicativas.
Ex.: Não faças mal ao teu vizinho, QUE o teu vem pelo caminho. (Publicado por Nalda)

 Fonte: http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=11910398&tid=5543787801649940417

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá pessoal!
Agradeço seu comentário.
Volte sempre! Geisa